confusão

Ato pró-democracia em São Paulo termina em confronto com a PM

Ato organizado por torcidas de futebol na Paulista começou com coros por democracia

POR: G1
Torcidas organizadas caminham pela Avenida Paulista com faixa "somos pela democracia"
Roberto Casimiro/Estadão Conteúdo

Um protesto pró-democracia organizado por integrantes de torcidas de futebol neste domingo (31) começou de forma pacífica, teve confusão com apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e, depois, embate com a polícia. O ato ocorreu na Avenida Paulista, região central de São Paulo.

Os principais momentos da manifestação foram:

  • Início por volta do meio dia, com coros pela democracia e sem confusão.
  • Embate com grupos de apoiadores pró-Bolsonaro, por volta de 13h.
  • Início de confronto com a PM, que se colocou entre os dois grupos, às 14h.
  • Escalada da tensão entre a PM e torcedores, até por volta de15h. Manifestantes atiraram pedras e polícia jogou bombas de efeito moral.

Segundo a polícia , um homem de 43 anos foi agredido durante a confusão e socorrido na Santa Casa de Misericórdia. Ainda não há mais informações sobre quem são o homem e os agressores.

Pelo menos cinco manifestantes foram detidos e levados ao 78º Distrito Policial dos Jardins. Segundo a PM, alguns estavam com produtos químicos e armas brancas.

Durante o confronto, a avenida foi bloqueada. Às 17h, o trânsito da Paulista foi liberado no sentido Paraíso, mas entre a Pamplona e a Peixoto Gomide os carros só utilizam duas faixas da via.

ato Bolsonaro confronto democracia PM São Paulo

Veja Também

Comentários