POLÍTICA

Brasil: Prefeito decreta 21 dias de jejum e oração para combater o coronavírus

A medida visa afastar o coronavírus da nação

POR: Notícias ao Minuto
Oração contra o coronavírus
Reprodução

O prefeito de Ladário, cidade do Mato Grosso do Sul a 420 quilômetros de Campo Grande, decretou 21 dias de oração e jejum para combater o novo coronavírus, entre 18 de maio e 7 de junho.

No documento, assinado pelo prefeito Iranil de Lima Soares e publicado na última sexta-feira (15), o governo local justifica que "a humanidade em alguns momentos recorreu a Deus para orientá-la em como vivenciar e superar esses momentos difíceis e turbulentos, resultantes da disseminação de doenças".

Ladário tem cinco casos confirmados de Covid-19, informa a Secretaria Municipal de Saúde. Jejum e oração não estão entre as recomendações do Ministério da Saúde e da OMS (Organização Mundial de Saúde) no combate ao coronavírus.

A prefeitura informa que a cidade, com pouco mais de 23 mil habitantes, é predominantemente cristã, porém não ressalta que não obrigará ninguém a praticar o jejum e a oração.

Seguidores desta religião, orienta o decreto, devem orar diariamente em casa e nos locais de adoração, desde que evitem aglomerações para conter o avanço da Covid-19.

No último dia do jejum, a prefeitura pede que "se faça um cerco espiritual na cidade de Ladário por meio de orações, das 5h até as 6h, onde todo o cristão, dentro de suas casas, façam orações voluntárias a Deus, com o escopo de pedir ajuda a Deus, tanto pelas pessoas que já estão doentes, quanto por aqueles que já estão tomando medidas para não contrair a Covid-19, bem como para afastar esse mal que assola nossa nação".

 

 

Brasil Combate Coronavírus Estado Geral notícias Pais

Veja Também

Comentários