200 METROS

[Vídeo] Operação recolhe ‘rede fantasma’ nas Galés de Maragogi

Ação ocorreu na manhã desta quarta-feira

POR: Maurício Silva
Operação recolhe mais de 200 metros de ‘rede fantasma’ nas Galés de Maragogi
Cortesia ao 7Segundos

Uma operação na manhã desta quarta-feira (12) recolheu mais de 200 metros de uma ‘rede fantasma’ na zona de preservação das Galés, no mar de Maragogi, no litoral Norte de Alagoas. A ação do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) contou com apoio de mergulhadores. O proprietário do material não foi encontrado.

A ação desta quarta-feira flagrou uma rede de pesca fantasma na zona de visitação das Galés, no ponto conhecido como “Aquário do Moura”. O local faz parte da Área de Preservação Ambiental (APA) Costa dos Corais e serve também para mergulhos Scuba pelas empresas do setor em Maragogi.

O analista ambiental do ICMBio, Eduardo Almeida, participou da operação nas Galés de Maragogi e comentou sobre a ação. “Achamos muitas redes fantasmas, cheias de algas, que já estava aqui [nas Galés] há muito tempo. Nós arrancamos boa parte, estima-se que 200 metros de rede”, informou.

O presidente da Associação dos Operadores de Mergulho de Maragogi, Paulo Florido Filho, disse que os mergulhadores estão a disposição para atuar em outras operações na região do município. “O ICMBio terá reunião em breve com o presidente da Associação dos Operadores de Mergulho de Maragogi para planejar outras ações”, comunicou Florido.

Os mergulhadores acreditam que pelo aspecto da rede, já fazia muito tempo que o material estava submerso. O local onde a rede foi encontrada fica distante da zona de visitação às Piscinas Naturais de Maragogi.

O ICMBio pretende junto com os mergulhadores fazer mais visitas a locais como esses para detectar possíveis irregularidades. O material é chamado de "rede fantasma" porque é colocado e não é recolhido.

Confira aqui outro vídeo:

 

Galeria de Fotos


Galés de Maragogi Maragogi rede de pesca

Veja Também

Comentários