PORTO CALVO

Academia Portocalvense de Letras é fundada na Terra de Calabar

Primeiro encontro ocorreu no último sábado

POR: Maurício Silva
Adelmo Monteiro, Marluce Costa, Maurício Silva e Severino Ramos no 1º encontro da Academia Portocalvense de Letras
7Segundos

Porto Calvo, a famosa Terra de Calabar, agora ganhou uma nova entidade importante para a difusão da história e da cultura do município: a Academia Portocalvense de Letras foi fundada no último sábado (8). O encontro ocorreu na sede da 10ª Gerência Regional de Educação (10ª Gere).

A Academia Portocalvense de Letras (APL) é formada por escritores, pesquisadores e jornalistas da histórica cidade. Já no primeiro encontro os componentes discutiram formas de incentivar a leitura e a escrita, como também maneiras de difundir a rica cultura de Porto Calvo.

O escritor Severino Ramos Barbosa comentou sobre a fundação. “Fundamos a Academia Portocalvense de Letras. Apesar da pequena participação dos membros convidados, o objetivo foi alcançado. Mas tudo começa assim: o ser humano nasce pequeno e frágil, mas com o decorrer do tempo, vai se tornando grande e trilhando caminhos rumo ao sucesso”, salientou.

A primeira reunião contou com a participação do escritor Severino Ramos Barbosa, autor de “O Veneno Nosso de Cada Dia” e a “A Última Ceia”; a escritora Marluce Maria da Costa, autora de “Do Outro Lado do Meu Coração”, “A Serpente Adormecida”, “Nas Dobras do Tempo”, entre outras publicações; o jornalista Maurício dos Santos Silva (repórter do 7Segundos e Secom Porto Calvo); e o pesquisador da história de Porto Calvo, Adelmo do Nascimento Monteiro.

Severino Ramos Barbosa contou que para a próxima reunião (ainda a ser agendada) um maior número de pessoas estará presente. O encontro de sábado também houve discussão sobre o projeto e os caminhos a serem percorridos da Academia Portocalvense de Letras.

Academia de letras APL Porto Calvo Portocalvense Severino Ramos Barbosa

Veja Também

Comentários