BRASIL

Morre no Rio o cientista político Wanderley Guilherme dos Santos, 84

POR: FolhaPress
Cientista político
Reprodução

Morreu na madrugada deste sábado (26), aos 84 anos, o cientista político Wanderley Guilherme dos Santos, vítima de uma pneumonia.

Wanderley era professor aposentado da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), onde lecionou democracia e teoria política por mais de duas décadas. Ele também foi o fundador do Iuperj (Instituto Universitário de Pesquisa do Rio de Janeiro, atual Iesp-Uerj).

Segundo nota da Adufrj, o professor havia acabado de escrever um livro sobre a eleição de Jair Bolsonaro -a obra deve ser publicada nos próximos meses.

"Seus trabalhos e palestras sempre foram marcados por impressionante precisão argumentativa, criatividade e competência analítica. Wanderley expressava o caráter excepcional de sua genialidade em cada texto, artigo, livro, comentário e intervenção", diz nota de pesar do Iesp, instituto que fundou.

Graduou-se em filosofia na UFRJ em 1958 e concluiu seu doutorado em ciência política na Universidade Stanford, nos Estados Unidos, em 1979. Em 1986, fez pós-doutorado em teoria antropológica na UFRJ.

Em 1962, dois anos antes do golpe militar, escreveu o texto "Quem dará o golpe no Brasil?".

O cientista político ocupou o cargo de presidente da Fundação Casa de Rui Barbosa por quase dois anos, entre 2011 e 2013.

Brasil Cientista fatalidade nacional Perda político rio de janeiro

Veja Também

Comentários