2º TURNO

Renan Calheiros reafirma voto contra proposta da reforma da Previdência

Senador confirmou intenção em publicação no Twitter

POR: Maurício Silva
O senador Renan Calheiros (MDB-AL) durante pronunciamento no Senado
Geraldo Magela/Agência Senado

O senador alagoano Renan Calheiros (MDB) reafirmou nesta segunda-feira (21), por meio de publicação no Twitter, que vai votar contra a proposta do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) sobre a reforma da Previdência. A votação em segundo turno acontece nesta terça-feira (22) a partir das 14 no plenário do Senado.

O texto-base da proposta de mudanças nas regras previdenciárias foi aprovado em primeiro turno no dia 1º de outubro de 2019. A votação contou com 56 votos favoráveis e 19 contrários, sem nenhuma abstenção. Renan Calheiros foi e Fernando Collor (Pros) votaram contrários ao projeto; Rodrigo Cunha (PSDB) foi favorável.

O congressista postou nesta segunda-feira (21) no Twitter. “A reforma das aposentadorias no Brasil segue os critérios que vigoram no Chile e aumentam a pobreza. Por isso continuarei votando contra no 2º turno”, confirmou Calheiros.

Em discurso após o primeiro turno do texto-base ser aprovado no Senado, Renan Calheiros destacou. “Votei contra a reforma da Previdência. A proposta é injusta e pune os trabalhadores mais pobres”, escreveu.

plenário do Senado reforma da previdência Renan Calheiros senado texto-base

Veja Também

Comentários