natureza

Argentino luta contra onça-parda para salvar cachorro

Vicente Navarrete foi encontrado por policiais e bombeiros voluntários com o corpo da onça sem vida ao seu lado

POR: Outside
Vicente Navarrete foi encontrado por policiais e bombeiros voluntários com o corpo da onça sem vida ao seu lado
Reprodução

Um homem de 64 anos lutou conta uma enorme onça-parda para salvar seu cachorro. O fazendeiro Vicente Navarrete, morador em uma zona próxima do povoado de Valcheta, na província argentina de Rio Negro, foi encontrado 12 horas após o incidente com feridas profundas e fraturas.

De acordo com o jornal Clarín, Vicente já caçou pelo menos 20 onças-pardas, mas com armas de fogo e acompanhado por cães de caça. Desta vez foi diferente, já que ele só tinha um punhal para se defender.

Ele afirmou para a polícia que se deparou com o animal quando percorria o campo a cavalo acompanhado por seu cachorro à procura de vacas perdidas no domingo, dia 18.

Em um momento que o cachorro sumiu de seu campo de visão, ele ouviu os latidos e um gemido furioso. Quando se aproximou do local viu seu cachorro lutando contra um animal de grandes dimensões. Para salvar seu cachorro, o homem saltou do cavalo e começou a lutar armado com seu punhal.

“A onça pesava mais de 80 quilos, nunca tinha visto nada assim, e gritava. Eu sabia que ele ia matar o meu cão. Eu lhe dei algumas facadas primeiro, tentando tirá-lo [do meu cachorro], e aí se foi e nós o seguimos”, contou.

Quando eles se encontraram novamente, o cachorro voltou a lutar novamente com a onça-parda. O fazendeiro foi tentar salvar o cão, mas foi atacado pela onça. Vicente ficou gravemente ferido, com um pulso esquerdo fraturado e cortes em diferentes partes do corpo. “Fiquei irreconhecível, tinha sangue por todos os lados”. Após a luta com o fazendeiro, a onça-parda morreu.

Vicente Navarrete foi encontrado por policiais e bombeiros voluntários com o corpo da onça sem vida ao seu lado. Os latidos do cachorro ajudaram a equipe de salvamento a encontrar seu dono ferido.

“Ele estava desidratado, deitado no campo das três da tarde até as cinco da manhã.” As forças de segurança disseram que “foi um milagre” ele ter sobrevivido levando em conta as feridas que ele apresentava e o frio intenso naquela hora da madrugada. O homem foi hospitalizado o seu estado de saúde é estável.

cachorro Homem Mata onça salvar

Veja Também

Comentários