AL 465

Arsal apreende dois ônibus de cooperativa em Porto Calvo

Existe uma “guerra” na região entre COOTRAPEF e COOPERMAR

POR: Maurício Silva
Arsal apreende ônibus de cooperativa em Porto calvo
Cortesia ao 7Segundos

Os passageiros que utilizam o transporte público na linha Porto Calvo-AL/Palmares-PE seguem sofrendo com a “guerra” entre cooperativas e a batalha ganhou mais um capítulo importante nesta quinta-feira (08): a Agência Reguladora de Serviços Públicos de Alagoas (Arsal) apreendeu dois ônibus da Cooperativa de Prestadores de Serviços de Transporte de Passageiros de Ex-funcionários da Rodoviária São Domingos e Outro (COOTRAPEF). A agência informou que os veículos estavam operando de forma irregular.

A apreensão dos dois ônibus ocorreu por volta das 13h05 e 13h20 da tarde desta quinta-feira, na rodovia AL 465, em Porto Calvo. Os cooperados da COOTRAPEF ficaram indignados com a situação e os passageiros ficaram irritados com o fato de não poder seguir o caminho pelo trajeto que escolheram.

De acordo com o presidente da COOTRAPEF, Jessonias Amancio Barros, a cooperativa não está fazendo embarque e desembarque nas rodovias de Alagoas e está agindo regularmente.

Entenda a guerra

A “guerra” vem se arrastando há meses entre a COOTRAPEF e a Cooperativa de Transporte Alternativo de Maragogi (COOPERMAR) . Em abril, um polêmico Termo de Assentada foi apalavrado entre as duas cooperativas e o fato deixou os passageiros que utilizam o transporte público irritados.

A COOPERMAR é formada por vans que circulam em Maragogi até a divisa com o Estado de Pernambuco, antes de chegar em São José da Coroa Grande-PE e a COOTRAPEF é de ônibus que faz a linha Palmares-PE/Porto Calvo-AL. Obrigatoriamente, os ônibus passam em Maragogi, mas o embarque e desembarque de passageiros foi “impedido” por conta do acordo.

Pelo acordo no dia 25 de abril, a COOTRAPEF se comprometeu em não embarcar passageiros no trecho do povoado São Bento (limite com Japaratinga) ao distrito Peroba (limite com São José da Coroa Grande), com usuários com destino São José da Coroa Grande-PE e/ou Barreiros-PE, podendo embarcar apenas passageiros com destino as demais cidades onde a empresa tem permissão.

A Arsal

O presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos de Alagoas, Ronaldo Medeiros, se pronunciou sobre o caso. “Essa cooperativa não tem autorização para circular em Alagoas. Eles estão realizando transporte clandestino. Eles estiveram comigo há cerca de 40 dias e demos 30 dias para a regularização e nesse período eles não se regularizaram. A Arsal está para colaborar e estamos fazendo operações em todo o Estado. A cooperativa deve procurar a Arsal para se regularizar e fazer o transporte legalmente”, informou o presidente.

A Liberação

Os dois veículos foram liberados por volta das 18h45 da noite desta quinta-feira (08) e a cooperativa informou que foi autorizada a continuar fazendo a linha Porto Calvo/Palmares, mas sem poder fazer embarque e desembarque nas rodovias alagoanas.

Galeria de Fotos


arsal cooperativa COOPERMAR COOTRAPEF Porto Calvo

Veja Também

Comentários