MEIO AMBIENTE

Questão ambiental só importa 'aos veganos que comem só vegetais', diz Bolsonaro

Presidente reafirma intenção de transformar área de Angra dos Reis, na Costa Verde do Rio, em 'Cancún brasileira'

POR: O Globo
O presidente Jair Bolsonaro participa de formatura de novos paraquedistas na Vila Militar, ao lado do governador Wilson Witzel
Alexandre Cassiano / Agência O Globo

Ao reafirmar a intenção de transformar a baía de Angra dos Reis , na Costa Verde do Rio, na "Cancún brasileira" , o presidente Jair Bolsonaro afirmou que apenas "veganos que comem só vegetais" se preocupariam com a questão ambiental. Após participar da formatura de novos paraquedistas das Forças Armada, na Vila Militar, na Zona Oeste da capital fluminense, o chefe do Planalto foi questionado se o meio ambiente não era importante na proposta para a Estação Ecológica de Tamoios.

— Só aos veganos que comem só vegetais [é importante a questão ambiental] — respondeu o presidente, em declarações reproduzidas pelo jornal "Folha de S. Paulo". — Outros países com baía não tão exuberante como a de Angra conservam o meio ambiente. Se quiséssemos fazer uma maldade, cometer um crime, nós iríamos à noite ou em um fim de semana qualquer na baía de Angra e cometeríamos um crime ambiental, que não tem como fiscalizar.

Bolsonaro anunciou em maio que mudaria, por decreto, as regras de preservação da Estação Ecológica de Tamoios, em Angra dos Reis. A ideia, segundo ele, seria transformar a região em uma "Cancún brasileira", em referência ao famoso balneário mexicano. O local é o mesmo  onde ele foi flagrado por fiscais do Ibama em janeiro de 2012 . Bolsonaro estava dentro de um bote, com farto material de pesca e foi autuado por pesca ilegal.

A região, formada por ilhas e rochedos, é essencial para a preservação de espécies ameaçadas de extinção e para a pesquisa da ecologia marinha.

Neste sábado, o presidente criticou que, para derrubar um decreto e poder transformar a área da reserva, precise trabalhar pela aprovação de uma lei. Ele citou que Cancún faturaria US$ 12 bilhões por ano, e a baía de Angra só receba dinheiro "que vem de cuscuz, cocoroca e água de coco".

— E o estado do Rio com dificuldades. Vamos fazer da baía de Angra um Cancún. Tem gente de fora do Brasil que a custo zero transforma a baía de Angra talvez na primeira maravilha do Brasil — destacou.

Durante a defesa da "Cancún brasileira", Bolsonaro voltou a contestar os dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) sobre desmatamento no país. O presidente disse ainda que o diretor instituto estaria “agindo a serviço de uma ONG”. Chefe do Inpe, Ricardo Magnus Osório Galvão rebateu as críticas e confirmou os dados.

— Esses dados do Inpe, semana que vem vocês vão ter uma surpresa — disse Bolsonaro, sem dar detalhes.

Bolsonaro Meio Ambiente veganos

Veja Também

Comentários