VAMOS AJUDAR!

Amigos se unem e ajudam criança especial a ter um lar em Novo Lino

Mobilização iniciou em grupo de WhatsApp

POR: Maurício Silva
Família ficou feliz com as doações para a construção da residência
Cortesia ao 7Segundos

Uma garotinha mais que especial vem recebendo doações de um grupo de amigos e conhecidos que se mobilizaram para ela ter um lar digno. A pequena Camila Gabrielle Silva, de três anos de idade, mora em Novo Lino, na região Norte de Alagoas, e esses dias a sua família vêm recebendo um carinho especial da população para que ela e os parentes vivam numa casa que possam chamar de lar.

Camila Gabrielle Silva nasceu com microcefalia, hidrocefalia, paralisia cerebral, epilepsia e ainda tem sopro no coração. Ela mora com os pais José Luiz Santos da Silva, 33 anos, e Larissa Gabrielle Silva, 19 anos, e os irmãos Izaque Gabriel Silva, cinco anos, e Nireli Gabrielle Silva, um ano e 11 meses. Além disso, a mãe está grávida de seis meses.

A família morava em uma casa de taipa no povoado Comunidade Barracas "Sem Teto", bem ao lado do terreno que eles pretendem construir a casa. Mas por conta das chuvas, as águas invadiam o imóvel e a pequena Camila Gabrielle era a que mais sofria. Então eles decidiram se mudar temporariamente para a residência da irmã de Larissa Gabrielle. Os pais atualmente estão desempregados.

A mobilização dos amigos começou no grupo de WhatsApp “Novo Lino 2019” e ganhou as ruas de Novo Lino e principalmente o terreno dos pais da garota especial. Moradores da cidade e de outros locais começaram a doar tijolos, cimentos, mão-de-obra e dinheiro para a construção da casa que estava apenas no alicerce. O alicerce também foi construído há um tempo, também por meio de doações.

Milhares de tijolos chegaram para a construção do lar da pequena Camila Gabrielle, a garota mais especial de Novo Lino. Pedreiros e ajudantes não faltaram como voluntários. A mobilização apartidária comoveu os moradores da cidade e os conterrâneos que foram morar em outros municípios do Brasil. As doações chegaram como telhas, tintas, areia, cimento, tijolos, material elétrico e dinheiro. Mas é preciso mais para deixar o lar pronto para a pequena morar.

Larissa Gabrielle Silva ficou surpresa com a ação dos voluntários. “Pra mim foi um momento de alegria. Eu não esperava isso. Passei três anos para ver se conseguia fazer a minha casa e nunca consegui. Quando foi na segunda (08) o pessoal chegou aqui e foi essa alegria, essa surpresa, eu não sabia de nada. Fiquei emocionada e muito alegre. Era tudo o que eu pedia a Deus: a casa da minha filha”, ressaltou.

Larissa Gabrielle Silva também decidiu abrir uma conta bancária para receber doações para ajudar na construção da residência e para ajudar no custeio e tratamento médico da filha especial. Quem quiser fazer doações deve entrar em contato com Larissa por meio do número de telefone (82) 99197-7225 ou também pode doar diretamente na conta: Conta Poupança 17.464-5 agência 2.361-2 variável 51 Banco do Brasil, titular Larissa Gabrielle Silva.

Galeria de Fotos


casa doações lar microcefalia Novo Lino tijolos

Veja Também

Comentários