POLÍTICA

Reforma da Previdência: em feira da FETAG Marx volta a defender trabalhadores rurais

Afirmação foi dada nesta terça-feira

POR: Assessoria
Reforma da Previdência: em feira da FETAG Marx volta a defender trabalhadores rurais
Assessoria

O deputado federal Marx Beltrão (PSD), coordenador da bancada alagoana no Congresso Nacional, afirmou nesta terça-feira (11) que “vai lutar por aposentaria justa para os milhares de trabalhadores rurais de Alagoas e do Brasil, pessoas que começam sua vida profissional muito cedo, em condições muitas vezes adversas e que por vezes têm como único documento de trabalho as mãos calejadas do trabalho cansativo e diário nas lavouras”.

Marx voltou a defender os trabalhadores rurais durante seu discurso na abertura da 1ª Feira da Agricultura Familiar, evento realizado pela Federação dos Trabalhadores Rurais e Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado de Alagoas (Fetag/AL). A feira tem objetivo de mostrar a capacidade de produção da agricultura familiar, contando com a presença de produtores dos municípios de Santana do Mundaú, Joaquim Gomes, União dos Palmares, Branquinha, Murici, Arapiraca, Junqueiro, Igreja Nova, Lagoa da Canoa e São José da Tapera.

“O projeto de reforma não é justo para com os trabalhadores rurais do Brasil. Por isso acredito, e vamos lutar muito para isso, que ele será alterado na Câmara. Precisamos de uma reforma justa, que não penalize o trabalhador e elimine privilégios. E se tem uma categoria sem privilégios esta categoria é a dos trabalhadores rurais” disse Marx. O parlamentar é o único alagoano na Comissão da Reforma da Previdência formada na Câmara.

_Reforma para Trabalhadores Rurais_

Aumento na idade para as mulheres, aumento no tempo de contribuição para ambos os sexos e instituição de uma contribuição anual mínima são algumas das mudanças previstas para a aposentadoria rural na proposta de reforma da Previdência (PEC 6/2019), em análise na Câmara dos Deputados. De acordo com o governo, a área rural é responsável pela maior parte do deficit do Regime Geral de Previdência.

Dados apresentados pelo Ministério da Economia apontam que aposentados rurais representam 32% dos benefícios concedidos pelo Regime Geral de Previdência Social, mas respondem por uma parte proporcionalmente maior do deficit: 58%. A expectativa de economia na previdência rural, divulgada pelo governo em abril, é de R$ 92,4 bilhões.


O deputado federal Marx Beltrão (PSD) participou na manhã desta terça-feira (11) da abertura da 1ª Feira da Agricultura Familiar, evento realizado pela Federação dos Trabalhadores Rurais e Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado de Alagoas (Fetag/AL). O evento ocorre nos dias 11 e 12 de junho, das 7h às 21h, oferecendo o portfólio de produção sustentável de assentamentos de crédito fundiário.

Durante o evento, o parlamentar aproveitou para reforçar sua defesa por aposentadoria digna para os trabalhadores rurais diante da reforma da previdência proposta pelo governo do presidente Jair Bolsonaro. “Na Câmara vou defender o direito destes trabalhadores terem aposentadoria justa. Não podemos permitir perdas para esta gente trabalhadora, que já enfrenta tantas adversidades” destacou Marx Beltrão.

A feira tem objetivo de mostrar a capacidade de produção da agricultura familiar, contando com a presença de produtores dos municípios de Santana do Mundaú, Joaquim Gomes, União dos Palmares, Branquinha, Murici, Arapiraca, Junqueiro, Igreja Nova, Lagoa da Canoa e São José da Tapera.

“Em minha trajetória política sempre apoiei a causa do trabalhador rural e esta feira promovida pela Fetag prova a força do homem do campo e o potencial de produção destes agricultores. Quem visitar a feira vai se surpreender com a qualidade da produção destes homens e mulheres que dedicam suas vidas à produção agrícola”, destacou Marx Beltrão.

fetag Marx Beltrão reforma da previdência Trabalhadores rurais

Veja Também

Comentários