PREVIDÊNCIA

Relator da Previdência enfrenta resistência para manter Estados na reforma

Moreira negocia com líderes na Câmara relatório deve sair na próxima semana

POR: Poder 360
Deputado Samuel Moreira, em sessão no Congresso
Reuters

O relator da reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), vai tentar negociar a permanência dos Estados no projeto junto a líderes partidários. Diversos líderes têm defendido que cada unidade federativa faça sua própria reforma e assuma o ônus da impopularidade da matéria.

“O que vai manter ou não [os Estados no texto] são os votos”, disse neste sábado (1º.jun.2019). “Precisamos respeitar a autonomia dos deputados. São eles que vão decidir. Agora, é evidente, que o meu desejo é resolver o assunto dos Estados e municípios também neste momento, dentro da reforma.”

Deputados de diferentes siglas defendem que a reforma dos Estados não seja feita pela Câmara e sim pelas assembleias estaduais. Eles temem que o desgaste do projeto afete as eleições municipais de 2020. Deputados do Centrão e do “centrinho”, não alinhados ao governo nem à oposição, engordam o grupo que quer a saída dos Estados.

Moreira diz que não tem pretensão de convencer os congressistas. Segundo o relator, o assunto ainda não está definido e diversas hipóteses estão sendo negociadas em busca de 1 consenso.

“Esse é 1 assunto polêmico e grave, porque o deficit na Previdência de Estados e municípios é de R$ 96 bilhões por ano”, disse. “Em 10 anos, são quase R$ 1,2 trilhão, é praticamente a meta que o governo federal quer aprovar na sua reforma.”

O deputado afirmou que pretende apresentar nos próximos dias seu relatório sobre a reforma enviada pelo governo Jair Bolsonaro.

 

Brasil deputado Estados Previdência reforma Relator São Paulo

Veja Também

Comentários