Bode Ioiô

Depois de desfile sobre escravidão, Paraíso do Tuiuti continua com críticas políticas e falará sobre voto, em 2019

POR: O Dia
Bode Ioiô, figura histórica eleita no Ceará, em 1922
Reprodução

Em meio ao caos no cenário político do Brasil, a Paraíso do Tuiuti bate o martelo e confirma o Bode Ioiô como enredo do carnaval de 2019.

O personagem foi eleito vereador em Fortaleza, em 1922, num ato de protesto da população da capital cearense. O objetivo da agremiação é chamar atenção para o voto consciente.

A Tuiuti quer seguir a mesma linha crítica que levou a escola a conquistar o segundo lugar no desfile do grupo especial deste ano com o enredo sobre a escravidão e os cativeiros sociais da atualidade.

"Mais uma vez a gente buscou levar para a Avenida um enredo que fosse a cara da escola: cultural e histórico ao mesmo tempo. E o Jack (Vasconcelos, carnavalesco da agremiação) trouxe essa história que é a cara do Tuiuti. Eu e ele trocamos muitas ideias juntos para encontrarmos uma boa narrativa e que busque sempre valorizar a nossa comunidade", disse Renato Thor, presidente da escola.

Galeria de Fotos


carnaval críticas políticas críticas sociais enredo Paraíso do Tuiuti rio de janeiro

Veja Também

Comentários